terça-feira, 25 de março de 2014

As Origens do Teatro





Na Pré História, em rituais religiosos, o homem inventou várias formas de se comunicar com as divindades e com as forças da natureza. Uma delas eram encenações e imitações, nas quais os homens se faziam de deuses ou de animais que tinham poderes de trazer boa caça e boa colheita. 






Na antiga civilização grega, o culto aos deuses que representavam os diferentes aspectos da vida e da natureza era realizado em festivais, que podiam durar vários dias. Nessas festas, as pessoas cantavam, recitavam, dançavam e bebiam muito vinho. Com o tempo, os textos, recitados por um coro, transformaram-se em histórias sobre deuses e heróis. Um dia, um participante do coro, chamado Téspis, resolveu encarnar o personagem Dionísio (clique no nome para saber sobre sua história) e transformou a narração em um discurso proferido em primeira pessoa: "Eu sou Dionísio", disse Téspis, que por isso foi considerado o primeiro ator. Aos poucos, os componentes do coro, que eram sempre homens, passaram a dizer os textos em forma de diálogos. Eles também faziam os papéis femininos e usavam máscaras para aumentar a capacidade de expressão das emoções. 


Com o tempo, os espetáculos passaram a se diferenciar dos cultos religiosos e foi criado um espaço para a realização das apresentações: o Teatro. Surgiram também os autores de teatro. Havia dois tipos básicos de texto: a Comédia e a Tragédia. Alguns deles tratam de sentimentos e acontecimentos tão importantes que até hoje são representados no mundo todo.

Com o fim do Império Romano no século V e o declínio da civilização ocidental, o teatro foi ressurgir muito tempo depois, na Idade Média, aproximadamente no século XII, usado pela igreja como forma de contar as passagens da Bíblia para as pessoas que não podiam ler.
Nessa época também surgiu um outro tipo de teatro, o Itinerante, formado por grupos de artistas chamados Saltimbancos. Essas trupes reuniam todo tipo de artista popular. Viviam em carroças que serviam como casa e como palco. Os atores viajavam de vila em vila, apresentando peças que podiam ser engraçadas ou trágicas. Foi esse  tipo de teatro que deu origem ao circo. 




Com o crescimento das cidades e o renascimento da cultura clássica, as caravanas de atores se fixaram e foram construídos novamente teatros com palco e platéia, próprios para a apresentação de espetáculos como conhecemos hoje. Nessa época, surgiu na Itália a Commédia Dell'Arte, um tipo de encenação cômica em que os atores conhecem as histórias que vão apresentar mas improvisam seu texto. Esses atores, que dançavam, faziam acrobacias e mímicas, usavam máscaras e faziam sempre o mesmo papel. Alguns tipos da commédia dell'arte ficaram muito conhecidos, como o Polichinelo, o Arlequim e a Colombina. Foi nessa época também que surgiu a ópera, um tipo de teatro em que as histórias são apresentadas por meio da música.
 

Na Inglaterra no século XVI, um artista revolucionou o teatro: William Shakespeare. Ele trabalhou como ator e teve seu próprio teatro, mas ficou conhecido pelas peças que escreveu. Cheias de humor e drama, com personagens de toda as classes sociais, suas peças ficaram muito famosas. Hamlet, Romeu e Julieta, Otelo, Macbeth  e Rei Lear são algumas delas e continuam sendo encenadas até hoje no mundo todo. Outro autor que marcou a história do teatro foi Molière. Ele viveu no século XVII, na França, e revolucionou o teatro francês inventando um tipo de comédia satírica.

No outro lado do mundo, os japoneses criaram o teatro Nô e o Kabuki. Nessas duas formas diferentes de teatro, a natureza é o elemento principal e os homens fazem todos os papéis. Máscaras e maquiagem sofisticada são usadas para representar cada sentimento com clareza. Essas peças são encenadas até hoje da mesma forma como eram no passado, mantendo uma tradição de mais de mil anos. 

No século XIX, surgiu um outro tipo de dramaturgia, o Melodrama, caracterizado pela presença de um par amoroso, de tramas exageradas que envolvem o bem e o mal e o inevitável final feliz, com o triunfo da verdade. O melodrama influenciou muito o cinema, as radionovelas e as telenovelas contemporâneas. 

Hoje o teatro tomou muitas formas, e encenações tradicionais convivem com outras muito ousadas, que renovam a linguagem da representação a cada dia.

Mais Detalhes e Informações:
http://www.arte.seed.pr.gov.br/modules/conteudo/conteudo.php?conteudo=179  Acessado em 25 de Março de 2014

Caça-Informações 


Para cada item abaixo, procure informações curtas sobre o teatro no texto:

Pré-História -----> O que faziam: ____________________
                    -----> Qual o objetivo: ____________________


Grécia ----- Como eram ----->_____________
                    Textos em coro------> Sobre o que: ____________
                    Primeiro Ator:_____________
                    Homens: _________________
                    Máscaras: __________________________

Tipos básicos de textos de teatro: ______________
                                                    ______________

Idade Média--------> ____________________________________________

Teatro Itinerante -------------> Nome: ______________
                                                 Como viviam:_______________________________________
                                                 Tipos de peças: __________________________
                                                 Deu origem: ______________

Itália ----------> Criaram a: _________________
                           Como era: __________________________________________________________                                
Ópera -------> __________________________________________________

William Shakespeare ---------> Quem era: ___________________
                                                  Tipos de peças: __________________

Teatro Japonês ---------> Nomes: ____________________
                                         Elemento principal: ____________
                                         Homens:________________________
                                         Máscaras e maquiagem: ________________________________________

Melodrama ------------>  Como é: _________________________________________________
                                         Influências: _____________________________

  



Linguagens diversas utilizadas na Arte Contemporânea

São muitas as tendências que podemos encontrar na Arte Contemporânea. Cada artista busca a expressão que mais se adapta com suas ideias. É quase impossível classificar tudo o que podemos encontrar em arte contemporânea. Abaixo, a descrição de algumas linguagens e imagens que as exemplificam:  

Performance - é uma modalidade de artes visuais que, assim como o happening, apresenta ligações com o teatro e, em algumas situações, com a música, poesia, o vídeo. Difere do happening por ser mais cuidadosamente elaborada e não envolver necessariamente a participação dos espectadores. Como geralmente possui um "roteiro", é passível de ser reproduzida fielmente, em outros momentos ou locais. Como muitas vezes a performance é realizada para uma platéia restrita ou mesmo ausente, seu conhecimento depende de registros através de fotografias, vídeos e/ou memoriais descritivos.



Happening - Unindo elementos de espontaneidade criativa, improvisação e características das artes cênicas, o happening é uma expressão das artes visuais que utiliza também a participação dos espectadores. O termo “happening” é proveniente do inglês, e significa “acontecimento”.






Assemblage - A assemblage é baseada no princípio que todo e qualquer material pode ser incorporado à uma obra de arte, criando um novo conjunto sem que esta perca o seu sentido original. É uma junção de elementos em um conjunto maior, onde sempre é possível indentificar cada peça.Ao se utilizar de diversos materiais como papéis, tecidos, madeira "colados" à uma tela o artista consegue ultrapassar as limitações da superfície, rompendo assim o limite da pintura, criando uma junção da pintura com a escultura.





Nuno Ramos - Sem Título

Arte Conceitual - A idéia e a concepção que levou uma arte ser pensada ou construída é o principal neste segmento artístico. A arte conceitual considera o conceito base de obra de arte, superior à própria obra concebida. É fruto de uma vanguarda surgida na Europa e nos EUA, no fim dos anos 60 e meados dos anos 70, parte em reação ao formalismo. Considera o caráter mental da criação acima da aparência e existência final de uma obra.

Cildo Meireles - "Quem matou Herzog"

Cildo Meireles - Circuitos Ideológicos
Arte Efêmera - Diferente da arte permanente, a arte efêmera, seja  através de performances, instalações, e happenings, é aquela vista como não perene fisicamente ou em demais considerações. A arte pública, transformada pela ação do tempo, assim como o grafite, os religiosos tapetes de sal e serragem, esculturas de gelo e de areia, são alguns exemplos de arte efêmera. Efêmero é aquilo que é passageiro, sem presença definitiva, uma substância ou presença artística que se esvai.

Escultura de areia
Vik Muniz - Mona Lisa com geléia e creme de amendoim

Néle Azevedo -Monumentos Mínimos - Esculturas de gelo

Land Art, também conhecida como Earth Art ou Earthwork  - é o tipo de arte em que o terreno natural, em vez de prover o ambiente para uma obra de arte, é ele próprio trabalhado de modo a integrar- se à obra.


Javacheff Christo -Le Pont Neuf (Paris 1985)




Javacheff Christo

Javacheff Christo

Ready-made - é uma manifestação que se trata de apropriar-se de algo que já está feito: escolhe produtos industriais, realizados com finalidade prática e não artística (urinol de louça, pá, roda de bicicleta), e os eleva à categoria de obra de arte.
Roda de bicicleta - Andy Warhol


Escultura com discos de vinil 

David Smith - Esculturas feitas de peças mecânicas 

David Smith - Esculturas feitas de peças mecânicas 

Artista: Marepe - Instalação feita com guarda-chuvas

Andy Warhol - Latas de Sopas Campbels
Arte Cinética - Busca romper com a condição estática da pintura e da escultura, apresentando a obra como um objeto móvel, que não apenas traduz ou representa o movimento, mas está em movimento. O artista Alexander Calder, por exemplo, é muito conhecido por seus famosos móbiles, como o da imagem acima. Construídos com peças de metal pintadas e suspensas por fios de arame, os móbiles movem-se por mais suave que seja a corrente de ar - e o movimento independe da posição e do olhar do observador, produzindo efeitos mutáveis em função da luz.

Abrahan Palatnik - Esculturas com movimento
Site Specific- Do inglês, "espaço-específico". Da arte, categoria de trabalhos produzidos especificamente para determinado espaço, em determinado tempo.









Instalações -  é uma manifestação artística onde a obra é composta de elementos organizados em um ambiente fechado. A disposição de elementos no espaço tem a intenção de criar uma relação com o espectador. Uma das possibilidades da instalação é provocar sensações: frio, calor, odores, som ou coisas que simplesmente chamem a atenção do público ao redor.


Os Gêmeos - Instalaçãopara a exposição Vertigem
Regina Silveira

Regina Silveira

Ernesto Neto 

Ernesto Neto 

Cornelia Ann Parker 




Minimalismo - utiliza um mínimo de recursos na composição das obras. A música minimalista economizava notas musicais, a pintura economizava cores e a literatura suprimia palavras. Na arte visual, reduzir elementos numa imagem é consequência de muito esforço. É uma arte pura, sem misturas e em constante busca da sofisticação.


Donald Judd

Livro Objeto -  Eles não se prendem a padrões de forma ou  funcionalidade,extrapolam o conceito livro rompendo as fronteiras  comumente atribuídas aos livros de leitura para se assumirem como objetos de arte. No livro-objeto, a narrativa literária é substituída por uma narrativa plástica (pinturas, desenhos, colagens).






Body Art (do inglês, arte do corpo) -  É uma manifestação das artes visuais onde o corpo do artista é utilizado como suporte ou meio de expressão.








WEB ARTE -Ao criar um trabalho de arte para a rede, parte-se do princípio de estabelecer relações com a sensibilidade do internauta.
Exposição Virtual de Gifs Animados - O site netartnet.net apresenta a exposição virtual de GIFs animados, GIF Wrapping. Cada artista participante criou um GIF para a mostra que recebeu uma URL única. Quando o usuário clica em uma das caixas, um GIF se torna visível. Clique e conheça o site com a Web Arte:   http://gifwrapping.net/





Arte eletrônica -  é aquela cujas ferramentas e suportes estão no computador, na computação gráfica, samples digitais, câmera de vídeo e digital. A Internet é o principal veiculo da arte eletrônica, apesar de já ser exposta em ambientes físicos, com em exposições específicas. A arte eletrônica abriu novas dimensões de representação gráfica e infográfica, muitas expostas no limite entre real e virtual. Na década de 60, este estilo de arte surgiu através da construção de objetos eletrônicos e videoarte.









Vídeo do Acervo Itaú Cultural - Arte Cibernética - Emoção Art.Ficial




Floresta Interativa de Laser -  Floresta Laser é a mais recente criação do estúdio Marshmallow Laser Feast, composta por Memo Akten, Robin McNicholas e Barney Steel, centrada exclusivamente na experiência interativa. Essa instalação é uma floresta formada de 150 varas interativas que ocupam o espaço de uma fábrica vazia. Quando tocadas, acionam sinais de luz e áudio, criando um grande instrumento interativo.

 Clique para ver o vídeo da obra em funcionamento: 
 

Informações de: http://www.tecnoartenews.com/destacadas/uma-floresta-interativa-de-laser-musical/ 



Animação Interativa com a obra "Noite Estrelada"de Van Gogh 





Abaixo, outras obras de artistas que demonstram que o poder de criação é ilimitado!



Brad Spencer

Brad Spencer

Bruno Torfs

Cube works

Cube works

Irma Gruenholz

Irma Gruenholz

Jeff Koons

Joe Lurato

Joe Lurato

Joe Lurato


Anish Kapoor
Mais informações e obras nos sites:

 http://www.hypeness.com.br/2014/02/duendes-princesas-e-magos-conheca-a-incrivel-floresta-de-esculturas/    Acessado em 25 de março de 2014
http://www.cubeworks.ca/     Acessado em 25 de março de 2014

http://www.cyberartes.com.br/artigo/?i=794&m=44        Acessado em 25 de março de 2014

Até mais!

Profª Valderene